A educação está constantemente buscando métodos que capturem a atenção dos alunos e fomentem um aprendizado a longo prazo. 

Por essa razão, é importante que essa área esteja acompanhando as mudanças tecnológicas, visto que a geração atual e as próximas são conhecidas como nativos digitais. 

É nesse cenário que o game based learning ou GBL surge como uma metodologia revolucionária que transforma a experiência na sala de aula. Quer saber mais sobre? Continue lendo! 

O que é game based learning?

O Game Based Learning é uma abordagem pedagógica que utiliza jogos com objetivos educacionais específicos. Mas, diferente do que alguns possam imaginar, envolve mais do que mera diversão. 

Aqui, acredita-se que por meio de um design cuidadosamente elaborado, os jogos podem promover o aprendizado ativo, engajar estudantes de maneiras que superam os métodos tradicionais, transformando a educação em uma jornada empolgante.

O ciclo de aprendizado no GBL

Afinal, como funciona o ensino com o auxílio de jogos educacionais? O ciclo de aprendizagem é composto por 5 etapas e explicamos cada uma delas abaixo: 

1. Introdução e Imersão

O jogo introduz o jogador a um ambiente ou história envolvente, onde o aprendizado é contextualizado e divertido. Esta fase é projetada para capturar a atenção do aluno desde o início, utilizando histórias envolventes, personagens intrigantes e cenários ricos que despertam a curiosidade natural. 

A imersão não é apenas sobre o entretenimento; ela contextualiza o aprendizado, tornando os conceitos educacionais mais relevantes e significativos. Ao serem transportados para mundos imaginários, os alunos se sentem motivados a explorar, descobrir e interagir com o conteúdo de maneira ativa.

2. Desafios e Aplicação

Conforme os alunos se aprofundam no jogo, eles encontram uma série de desafios projetados para testar e aplicar o conhecimento adquirido. Esses desafios são cuidadosamente alinhados aos objetivos educacionais, garantindo que cada tarefa, quebra-cabeça ou missão contribua para o desenvolvimento intelectual do jogador. 

Essa aplicação prática do conhecimento em cenários de jogo estimula o pensamento crítico e a solução de problemas, habilidades fundamentais em qualquer área de estudo. Os desafios também são escalonados em dificuldade, garantindo uma curva de aprendizado suave e contínua.

3. Feedback Imediato

Uma das vantagens mais incríveis do GBL é a capacidade de oferecer feedback imediato. Ao contrário dos ambientes educacionais tradicionais, onde o feedback pode demorar a chegar, esse método permite que os alunos vejam instantaneamente as consequências de suas ações. 

Dessa forma, eles reconhecem e corrigem os erros rapidamente, reforçando os conceitos corretos, facilitando uma compreensão mais profunda e duradoura do material. 

4. Repetição e Reforço

Sim, sabemos que a repetição e reforço é muitas vezes monótono. No entanto, no game based learning é diferente. 

Tudo isso graças ao design do jogo e os desafios apresentados, pois os alunos conseguem praticar e aplicar o mesmo conceito de diferentes formas, reforçando o aprendizado e melhorando a retenção. 

Essa repetição ativa, incorporada de forma lúdica no jogo, é fundamental para a aquisição de habilidades e conhecimentos duradouros.

5. Progressão e Conquista

Por fim, a sensação de progressão e conquista é um poderoso motivador no GBL. Quando os alunos superam desafios e avançam no jogo, eles são recompensados com novos níveis, habilidades e às vezes até conteúdo. 

Esse reconhecimento do progresso valida o esforço do aluno e incentiva a continuação do aprendizado. A conquista no jogo simboliza o domínio de novos conhecimentos e habilidades, promovendo uma sensação de orgulho e realização.

Qual a diferença entre gamificação e game based learning?

Embora os dois métodos trabalhem com elementos lúdicos no processo de ensino e aprendizagem, as abordagens, objetivos e implementações são diferentes. 

Gamificação

A gamificação se refere à aplicação de mecânicas e dinâmicas de jogos em contextos não lúdicos, como a educação, para motivar e aumentar o engajamento dos alunos. 

Os elementos típicos de jogos, como pontos, medalhas, tabelas de liderança e conquistas, são incorporados em atividades educacionais, transformando tarefas que poderiam parecer tediosas em desafios estimulantes. 

O objetivo principal da gamificação é utilizar a motivação intrínseca e extrínseca para encorajar o comportamento desejado, seja completar lições, participar ativamente em sala de aula ou melhorar o desempenho acadêmico.

Por exemplo, um professor pode gamificar seu sistema de tarefas de casa, atribuindo pontos para trabalhos entregues no prazo e oferecendo insígnias digitais para realizações acadêmicas. Essa estratégia pode tornar o aprendizado mais atraente e divertido, mas é crucial notar que a gamificação foca mais na adoção de mecânicas de jogos do que no conteúdo do jogo em si.

Game based learning

Por outro lado, o game based learning é uma abordagem que utiliza jogos especialmente projetados com objetivos educacionais claros para facilitar o aprendizado. Diferente da gamificação, que adiciona elementos de jogo ao ensino tradicional, o GBL incorpora o aprendizado dentro da própria estrutura e narrativa do jogo. 

Os jogos usados são desenvolvidos para entreter e ensinar, permitindo que os alunos explorem conceitos, pratiquem habilidades e experimentem com diferentes estratégias de resolução de problemas em um ambiente seguro e controlado.

Um exemplo disso poderia ser um jogo de matemática que leva os jogadores em uma aventura, onde resolver enigmas matemáticos é crucial para avançar na história. Aqui, os conceitos matemáticos são integrados diretamente na jogabilidade, fazendo com que o aprendizado ocorra de maneira orgânica e contextualizada.

Benefícios do game based learning

Agora que você já sabe o que é game based learning, vamos explorar alguns dos principais benefícios presentes nessa metodologia. 

Engajamento e Motivação

Os jogos são, por natureza, engajadores. Eles capturam a atenção do jogador e mantêm o interesse ao longo do tempo. Quando aplicados à educação, transformam o aprendizado em uma experiência divertida e desafiadora, aumentando significativamente a motivação dos alunos.

Aprendizagem Ativa

O GBL é uma metodologia ativa, onde os estudantes não são apenas espectadores, mas participantes ativos no processo educacional. 

Por meio de jogos, os alunos aplicam o que aprenderam em cenários práticos, o que facilita a retenção de conhecimento e a compreensão de conceitos complexos.

Desenvolvimento de Habilidades Cognitivas e Sociais

Além de conteúdos específicos da disciplina, o GBL ajuda no desenvolvimento de habilidades cognitivas cruciais, como pensamento crítico, solução de problemas e tomada de decisões. 

Os jogos que incentivam a colaboração também promovem habilidades sociais, incluindo comunicação e trabalho em equipe.

A ponte entre o lúdico e o educativo na HappyHappy Code

Na trilha de aprendizagem da No curso Happy Code, o game based learning se manifesta através da incorporação de elementos de jogo no processo de aprendizagem da programação. 

Aqui, os alunos são desafiados a desenvolver e programar jogos, resolvendo problemas reais e aplicando conceitos de programação em projetos que são cativantes e próximos dos seus interesses. 

Esta abordagem não apenas solidifica o conhecimento técnico, mas também desenvolve habilidades de pensamento crítico, solução de problemas e criatividade. Conheça agora e prepare os seus filhos para um futuro brilhante! Esperamos que você tenha gostado de conhecer o método game based learning. Aproveite e confira também nosso conteúdo sobre a arte de aprender brincando. Até a próxima!

Conheça nossos cursos:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *